20090301

Doze músicas de 2008:
3) COMPACTO, Curumim

Photobucket

Em um ano no qual o mainstream do B da música nacional (do A pouco se espera) viu Mallu Magalhães comandar, ninguém foi mais brasileiro – na acepção internacional do termo – do que Curumim. Na defesa de um suingue universal com DNA japaulistanegro, o baterista proporciona um fino e raro prazer em seu segundo disco. Fino por carregar a música no macio, no gostoso. Raro porque nem Jorge Ben tem provocado mais esse arrebatamento.

(extraída do disco Japan Pop Show)

3 comentários:

Anônimo disse...

vi o show dele na conexão sul. teve uma jam selvagem com o b negão,ceu, anelis assumpção, filha do itamar, mais uma cabeçada.coisa fina. pena que o evento não teve projeção e público.

Não interessa disse...

então, tomate, ele vai tocar com a Samambaia dia 10/03 na célula.
até lá!

emersong disse...

IREI.